Diário de uma paixão


 14 de fevereiro de 2017
fanfiction-idolos-one-direction-diario-de-uma-paixao-561564230520132329
É um drama romântico, baseado no romance de Nicholas Sparks. Dirigido por Nick Cassavetes, tem em seu elenco Rachel McAdams, Ryan Gosling, James Marsden, James Garner e Gena Rowlands.

Quando a adolescente Allie Hamilton vai passar o verão com a família na cidade litorânea de Seabrook, na Carolina do Norte, nos anos 40, conhece o garoto Noah Calhoun, que mora na cidade. Noah sente que é amor à primeira vista. Embora a menina seja de uma família rica e ele um operário, os dois se apaixonam profundamente durante um verão. Eles são separados pelas circunstâncias – e pela súbita eclosão da Segunda Guerra Mundial.
Décadas mais tarde, um homem lê um caderno antigo para uma mulher que visita regularmente no asilo. Embora a memória dela seja prejudicada, ela se deixa envolver pela emocionante história de Allie e Noah – e por alguns momentos consegue reviver uma época em que eles juraram que ficariam juntos para sempre.
Diário de Uma Paixão é um filme comovente, que relata a força de um amor e sua capacidade de permanecer vivo apesar das circunstâncias adversas. Não são todas as pessoas capazes de amar assim. Numa época em que vivemos, onde o amor é superficial e a vontade de investir num amor que dure para sempre é relativa, vemos as pessoas desistirem do amor e do casamento muito cedo.
Por que Noah foi capaz de amar Allie assim? Certamente porque em seu coração e mente foi cultivado um sentimento profundo e duradouro, onde as diferenças individuais, a distância física, o ciúme e os conflitos da vida não foi mais forte do que a decisão de amar.
Durante muito tempo divulgou-se a idéia de ser o casamento um contrato. Mas contratos podem ser rescindidos, quebrados, mesmo que se pague um preço por isto.
Gosto de pensar o casamento como um compromisso, a palavra empenhada, onde o desejo de cumprir o compromisso esteja diretamente ligado ao caráter pessoal de honrar com a palavra empenhada, com a promessa feita no altar – o altar do Senhor – diante de um Ministro Espiritual, de testemunhas e, principalmente, diante de Deus. O compromisso do casamento é muito, muito sério. Nele estão envolvidos vidas, sentimentos, sonhos, objetivos, honra e união. O ato de unir-se em uma só carne – a relação sexual – com uma pessoa é o que se constitui o casamento diante de Deus. Homem e mulher se tornam um. Isto é belo, profundo e altamente espiritual. É um compromisso indissolúvel para o Deus Eterno. Quebrar este laço é “quebrar o coração de Deus”.
E é este compromisso que Diário de Uma Paixão revela.
No livro “O amor que Permanece para Sempre” Gary Smalley fala do amor que é capaz de lidar com os altos e baixos da vida conjugal, mesmo no verão, no outono, no inverno e na primavera da vida a dois. Experimentar isto, ao contrário do que muitos podem pensar, é gostoso e perfeitamente possível. “Diário de Uma Paixão” ensina isto.
*****
Por: Psic. Elizabete Bifano

http://www.clickfamilia.org.br/oikos2015/index.php/diario-de-uma-paixao/